5 Mitos sobre a Infecção Urinária – Laboratório Farreras Valenti
RESULTADOS DE EXAMES

As diferenças entre o corpo da mulher e do homem estão além do que podemos ver, e algumas diversidades se mantém escondidas, como o comprimento do canal da uretra, fator determinante para o aparecimento da cistite, nome formal da infecção urinária. Enquanto a via de saída mede cerca de 5 centímetros nas mulheres, nos homens pode medir até 22 centímetros.

Esta discrepância acaba sendo prejudicial às mulheres, maiores atingidas por esta infecção bacteriana, uma vez que as bactérias possuem um caminho mais curto a percorrer até alcançar a bexiga. Uma vez lá, estimula a vontade de urinar, provoca dor e faz com que, muitas vezes, a urina venha acompanhada de sangue.

Contudo, apesar da doença acometer de 20 a 30% da população feminina em certa fase da vida (principalmente na juventude), as infecções urinárias também afetam pessoas de outras idades e gêneros, podendo levar até mesmo à morte. Por este motivo, é importante manter-se informado sobre o que de fato é verdade ou mentira em relação à doença. Confira os cinco mitos mais comuns:

É possível pegar a infecção ao usar o banheiro

Este é um dos mitos mais populares sobre a doença, uma vez que muitos indivíduos acreditam que podem contrair a doença utilizando o banheiro (dentro ou fora de casa). Contudo, as bactérias que causam a infecção urinária vivem dentro de nosso próprio corpo, não no ambiente externo.

A infecção urinária é uma DST

É fato que a relação sexual facilita a contaminação da uretra por bactérias já presentes no corpo, contudo, a infecção não é considerada uma Doença Sexualmente Transmissível, uma vez que as bactérias não são transferidas de um indivíduo para o outro.

Friagem contribui para o aparecimento

A cistite, ou infecção urinária, é comum no inverno, mas não por conta da friagem. Pegar frio nos pés ou sentar em locais gelados não contribui para o aparecimento da doença, contudo, com um consumo menor de água, estamos mais suscetíveis a desenvolvê-la.

Higienizar a área de forma incisiva ajuda a prevenir

Dizer que lavar a área de forma mais incisiva auxilia na prevenção é um dos maiores mitos em relação à cistite, e que pode ainda provocar diversos outros problemas. Na verdade, a prática exagerada de limpeza da região desorganiza a flora bacteriana local.

Suplementos vitamínicos impedem o aparecimento da doença

Por fim, muitos indivíduos acreditam que os suplementos multivitamínicos impedem o aparecimento da doença, entretanto, apesar de potencializarem a imunidade do organismo, não garantem o não aparecimento desta enfermidade em específico.


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/farreras/www/farreras/wp-includes/functions.php on line 3735

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/farreras/www/farreras/wp-includes/functions.php on line 3735