Como identificar a anemia? – Laboratório Farreras Valenti
RESULTADOS DE EXAMES

A Anemia, conforme definição da Organização Mundial de Saúde (OMS), é uma condição onde o nível de hemoglobina no sangue está mais baixo do que o recomendado, o que tem como resultado a carência de um ou mais nutrientes essenciais, independentemente da causa desta deficiência.

A anemia pode ser causada por falta de ferro, zinco, vitamina B12 e proteínas, porém, a causada pela deficiência de ferro, denominada Anemia Ferropriva, é muito mais comum que as demais. Estima-se que aproximadamente 90% dos casos de anemia sejam decorrentes da carência de ferro, já que este é um nutriente essencial para a o organismo, atua na síntese de células vermelhas no sangue e no transporte de oxigênio para todas as células do corpo.

Alguns dos sintomas mais comuns desta doença são a fadiga, unhas e cabelos quebradiços, boca seca, palidez e falta de viço na pele, contudo, a anemia guarda vários outros incômodos. No caso da fadiga, a sensação de cansaço súbito ou inexplicável “quebra” na energia do indivíduo pode indicar que ele está sofrendo de anemia.

Além disso, ela ainda pode causar o aumento da frequência cardíaca, mesmo em repouso, a queimação da língua e mucosas, como resultado da inflamação das mesmas, cãibras, perda de tato (como o formigamento de pés e mãos e a rigidez nos membros), dor abdominal combinada com a coloração amarelada da pele, dificuldades respiratórias e, por fim, alterações comportamentais, como dificuldades de aprendizado.

Caso não seja tratada, a anemia pode levar até à morte. Por isso, a prevenção é essencial! Para tratar a anemia, é necessário aumentar a quantidade de hemoglobina na corrente sanguínea, e, para isso, o consumo de alimentos ricos em ferro também deve ser potencializado, como salsinha, feijão e ovo.

Sempre que se consumir alimentos ricos em ferro, também é importante a ingestão de alguma fonte de vitamina C, pois esta vai contribuir para a melhor absorção do ferro pelo organismo. Bons exemplos de alimentos ricos nesta vitamina são as frutas amarelas ou alaranjadas, como a laranja, tangerina, abacaxi, acerola, caju, maracujá e mamão.

Por fim, lembre-se sempre de manter os exames clínicos em dia, e faça visitas ao seu médico regularmente! O exame para diagnóstico é o hemograma, um teste simples e de baixo custo e cujo o resultado pode ser liberado no mesmo dia. Isso é de suma importância, afinal, o diagnóstico precoce auxilia no tratamento e, consequentemente, na recuperação!

 


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/farreras/www/farreras/wp-includes/functions.php on line 3722

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/farreras/www/farreras/wp-includes/functions.php on line 3722