Cuidado, pode ser verme! – Laboratório Farreras Valenti
RESULTADOS DE EXAMES

Animais de corpo fino e alongado, os vermes são causadores de inúmeras doenças, sendo a forma mais comum de contaminação a ingestão de água, alimentos ou carne contaminada, que não receberam o devido tratamento. Algumas patologias ainda podem ser decorrentes da entrada do parasita por via cutânea, como através da picada de vetores específicos.

Os sintomas são variados, e estão intrinsecamente ligados ao local onde o verme se alojará uma vez dentro do organismo. As principais doenças causadas por eles são a ascaridíase (lombriga), esquistossomose, ancilostomose, filariose, amebíase, teníase (solitária), larva migrans, oxiurose e giardíase, e o tratamento normalmente é feito com medicamentos vermífugos prescritos pelo médico responsável.

Por mais que os sintomas sejam característicos de cada verminose, as dicas de prevenção estendem-se a todas, sendo o ato de lavar bem as mãos antes das refeições e após o uso do banheiro e a lavagem e cozimento corretos dos alimentos as mais importantes, além do consumo apenas de água limpa e devidamente tratada.

Saiba identificar as principais verminoses

A ascaridíase, popularmente conhecida como “lombriga”, é causada por um verme cujos ovos estão presentes na água ou por alimentos contaminados com fezes, e os sintomas incluem dor abdominal intensa, náuseas, diarreia ou prisão de ventre, aumento ou perda de apetite e indisposição.

Já a infecção por ancilostomose, causada por dois vermes e mais conhecida como “amarelão”, ocorre pelos pés, ao se pisar descalço (a) em solo contaminado pelas larvas do parasita, e, dentre os principais sintomas, estão a pele amarelada, cansaço, fraqueza e anemia, podendo ainda ocorrer o comprometimento do desenvolvimento da criança e complicações cardíacas e pulmonares.

Comum no Brasil pelo contato com a água de rios e lagos infectada pelas cercarias que saem dos caramujos, a esquistossomose causa coceira, dermatite, febre, tosse, vômitos, diarreia e perda de peso, podendo comprometer o fígado e o baço em sua fase aguda.

A teníase, mais conhecida como “solitária”, é causada por duas bactérias, sendo uma presente na carne de porco (Taenia solium) e a segunda na carne de vaca (Taenia saginata), e a infecção ocorre pelo consumo de carnes malpassadas. Dentre os principais sintomas estão dores abdominais, debilidade, fadiga, gases, náuseas, irritação, insônia, atraso no crescimento das crianças e diminuição da produtividade dos adultos.

Por fim, a filariose, popularmente conhecida como “elefantíase” e uma das verminoses mais perigosas, é transmitida no Brasil pela picada do mosquito Culex, e causa inflamação nos vasos linfáticos, dor de cabeça, febre, dores musculares, intolerância à luz, manchas na pele, gordura ou sangue na urina, mal-estar geral, inchaço no saco escrotal, virilha, vulva, mamas, pernas e braços.

É fundamental lembrar que o check-up é um importante aliado na prevenção de doenças, e que, ao menor sinal de problemas, é aconselhável procurar um médico imediatamente. Cuide-se!


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/farreras/www/farreras/wp-includes/functions.php on line 3735

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/farreras/www/farreras/wp-includes/functions.php on line 3735