O que é fibromialgia? – Laboratório Farreras Valenti
RESULTADOS DE EXAMES

Muito comentada nas últimas semanas por conta da cantora norte americana Lady Gaga, que cancelou sua participação no festival Rock in Rio por conta da doença, a fibromialgia é uma síndrome clínica, que se manifesta por meio da dor em todo o corpo, mas principalmente na musculatura. Os sintomas mais comuns são a fadiga, a intolerância ao exercício e o sono não repousante, ou seja, o indivíduo acorda “cansado”.

As causas específicas da fibromialgia ainda são desconhecidas, mas existem determinadas pistas comuns às pessoas que possuem esta síndrome. Estudos recentes apontam que os pacientes acometidos pela doença apresentam uma sensibilidade maior à dor, por exemplo, e isso acontece por conta da função neurológica, que potencializa a sensibilidade dos nervos. Em outras palavras, qualquer estímulo causa uma grande reação.

A musculatura é a parte do corpo que sofre mais traumas ao longo da vida, e, em indivíduos sem fibromialgia, estas pequenas distensões passam até mesmo despercebidas. Entretanto, em pacientes que possuem a síndrome, as dores causadas por estas lesões são intensificadas, e provoca um processo dentro do músculo: a musculatura dolorida tensiona, e a tensão causa mais dor, que contrai mais o músculo e assim por diante.

Além disso, a fibromialgia pode aparecer depois de eventos graves na vida do indivíduo, como um trauma físico ou psicológico ou uma infecção de grande periculosidade. Comumente, o quadro começa com uma forte dor localizada crônica, que progride e envolve todo o corpo, e, segundo dados recentes, pelo menos 5% dos pacientes que vão a um consultório médio possuem a doença.

Vale informar também que, de cada dez pacientes com a doença, nove são mulheres. A idade de aparecimento mais comum é entre 30 e 60 anos, porém, existem casos de pessoas mais velhas, crianças e também adolescentes diagnosticados com esta síndrome.

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico é feito de forma clínica. Contudo, é preciso que o médico, primeiramente, faça uma boa entrevista clínica com o (a) paciente. Além disso, o profissional mais indicado para a identificação da doença é o reumatologista, uma vez que este é treinado para identificar doenças que acomete os músculos e as articulações, como é o caso da fibromialgia.

Os critérios mais utilizados para o diagnóstico são: dores por mais de três meses em todo o corpo e a presença de pontos dolorosos na musculatura. O médico provavelmente solicitará a realização de exames de sangue, não para comprovar a doença, mas para descartar a possibilidade de outros problemas que possam simular os sintomas, como o hipotireoidismo e a diabetes.

Infelizmente ainda não foi encontrada a cura para a fibromialgia, mas o tratamento permite que o indivíduo possa experimentar longos períodos sem dor ou com dor moderada, além de melhora nos demais sintomas, como a fadiga e a alteração do sono. Contudo, é importante que o paciente tenha conhecimento de que os medicamentos e atividades prescritos para o tratamento deverão ser realizados para o resto da vida.


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/farreras/www/farreras/wp-includes/functions.php on line 3735

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/farreras/www/farreras/wp-includes/functions.php on line 3735