Será que é anemia? Causas e tratamentos – Laboratório Farreras Valenti
RESULTADOS DE EXAMES

Causada principalmente por conta da falta de ferro no organismo, a anemia é uma das deficiências nutricionais mais comuns do mundo, e, caso não seja tratada, pode danificar órgãos importantes, como o coração e o cérebro, levando até mesmo à morte. Por este motivo, é de suma importância saber identificar seus sintomas! Confira no post de hoje:

A condição ocorre quando o conteúdo de hemoglobina no sangue está abaixo do normal ou quando o sangue apresenta um número inferior de glóbulos vermelhos, sendo a hemoglobina uma proteína responsável pela coloração vermelha do sangue e pelo auxílio às células no transporte de oxigênio. Quando um indivíduo é acometido pela anemia, o sangue passa a ser menos oxigenado, o que o deixa cansado e fraco.

Além do ferro, a doença pode ser causada pela deficiência de outros nutrientes, tais como o zinco e a vitamina B12, contudo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a Anemia Ferropriva é mais comum que as demais, sendo responsável por quase 90% dos casos diagnosticados. Dentre os grupos de risco estão as crianças, os adolescentes e as mulheres adultas em fase de reprodução ou gestantes.

Leia também: Como identificar a anemia? e Você sabe para que serve o Hemograma? 

Os principais sinais que identificam a anemia são a fadiga constante, fraqueza, pele pálida, falta de ar e dor no peito, batimentos cardíacos alterados (rápidos ou irregulares), tontura, mãos e pés frios, dores de cabeça e até mesmo o aparecimento de problemas cognitivos, e é de suma importância que o paciente esteja ciente que, em um primeiro momento, é possível que a doença passe despercebida – isso até que os sintomas se agravem. É preciso estar sempre de olho!

Algumas das principais orientações médicas para a prevenção e também o tratamento da anemia são nutrir o baço através de alimentos que contribuem para a prevenção de glóbulos vermelhos, como abóbora, vegetais de folhas verdes (espinafre, couve, acelga) e legumes, bem como cortar os alimentos processados e com excesso de açúcar e gorduras. Também é fundamental consumir alimentos ricos em ferro, como as carnes (vaca, frango e cordeiro, por exemplo).

Por fim, é fundamental que os exames clínicos sejam mantidos em dia, e, no caso da anemia, os dois testes mais importantes para a identificação da doença são o hemograma e o exame de dosagem de ferro sérico. O primeiro é um teste simples, de baixo custo e cujo resultado pode ser liberado no mesmo dia. Além disso, não há necessidade de jejum prévio. Já o segundo, de dosagem de ferro sérico, é uma forma de identificar de modo mais assertivo a causa da anemia.


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/farreras/www/farreras/wp-includes/functions.php on line 3735

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/farreras/www/farreras/wp-includes/functions.php on line 3735