Setembro Amarelo: Mês de prevenção do suicídio – Laboratório Farreras Valenti
RESULTADOS DE EXAMES

Escolhido pela Associação Internacional para Prevenção do Suicídio, anualmente o mês de setembro é palco de uma série de campanhas com o objetivo de alertar sobre a importância de ações preventivas contra o suicídio.

Iniciada no Brasil pelo Centro de Valorização da Vida, o Conselho Federal de Medicina e a Associação Brasileira de Psiquiatria, a campanha Setembro Amarelo realizou suas primeiras atividades ainda em 2014, e visa romper com o tabu que envolve o assunto, uma vez que, no país, o número de suicídios entre adolescentes e jovens adultos aumentou 30% nos últimos vinte e cinco anos.

Para quebrar os tabus envolvendo o suicídio, é necessário falar sobre o assunto, esclarecer, conscientizar e estimular a prevenção para reverter os números crescentes. Segundo informações oficiais, cerca de 32 brasileiros morrem por dia por meio do método, sendo esta taxa superior às vítimas de AIDS e da maioria dos tipos de câncer.

Contudo, segundo a Organização Mundial da Saúde, nove em cada dez casos poderiam ser prevenidos, e isso está intrinsecamente ligado à busca por ajuda e atenção.  Um importante fator de risco associado ao suicídio é a depressão, uma vez que cerca de 90% dos indivíduos que cometeram suicídio tinham algum transtorno psiquiátrico e 60% estavam deprimidos.

O que é depressão?

Mais do que uma tristeza passageira ou cotidiana, a depressão é causada por fatores biológicos e orgânicos, como alterações neuroquímicas no cérebro e desequilíbrio hormonal. Algumas das reações da doença são sentimentos persistentes de tristeza, choro, desespero ou sensação crônica de vazio, sentimento de culpa, impotência e desesperança, explosões intermitentes de raiva, irritabilidade ou frustração e perda de interesse ou prazer em atividades anteriormente apreciadas.

Além disso, o indivíduo com depressão ainda pode sofrer de distúrbios do sono, cansaço e falta de energia, perda de apetite e/ou peso ou o oposto, ansiedade, agitação ou inquietação, dificuldade para se concentrar e tomar decisões e pensamentos recorrentes de morte ou suicídio, incluindo ideação e planejamento, com ou sem a tentativa em si. O tratamento geralmente é feito com o auxílio de medicamentos antidepressivos e acompanhamento psicológico, sempre sob supervisão médica.

Centro de Valorização da Vida

O CVV – Centro de Valorização da Vida, um dos principais mobilizadores do Setembro Amarelo, é uma entidade sem fins lucrativos que atua gratuitamente na prevenção do suicídio desde 1962, oferecendo suporte a indivíduos que possuem depressão ou qualquer outro tipo de distúrbio ou situação que possa resultar em suicídio.

Por meio da ação de voluntários e profissionais capacitados, o CVV promove a ouvidoria de indivíduos de todo o país por meio de diferentes canais de comunicação – visita residencial, telefone, chat, videoconferência, etc. -, com o objetivo de auxiliar na resolução de problemas e diminuição dos casos de suicídio no Brasil (clique para conhecer).


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/farreras/www/farreras/wp-includes/functions.php on line 3722

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/farreras/www/farreras/wp-includes/functions.php on line 3722