Todo cuidado é pouco! Saiba mais sobre a gonorreia – Laboratório Farreras Valenti
RESULTADOS DE EXAMES

Uma doença sexualmente transmissível de origem bacteriana, a gonorreia, também chamada blenorragia ou uretrite gonócica, afeta principalmente a uretra, o canal que liga a bexiga ao meio externo. Estima-se que mais de 70 milhões de pessoas estão contaminadas no mundo, e, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o tratamento tornou-se mais complexo nos últimos anos, uma vez que a bactéria Neisseria gonorrheae está desenvolvendo resistência aos antibióticos comumente empregados no tratamento.

A gonorreia é relativamente silenciosa, e seu principal sintoma é a presença de um corrimento purulento, geralmente de cor amarelada, que mancha as roupas íntimas. Contudo, os demais sinais são diferentes para homens e mulheres, sendo a coceira na região vaginal, corrimento branco, ardência no local e para urinar e dor durante relações sexuais os mais comuns nas mulheres. Já no caso dos homens, a doença é marcada pelo aparecimento de pequenas manchas vermelhas no pênis, lesões em forma de pontos e coceira.

O período de incubação da doença é curto, geralmente 24 horas, e vai desde a relação sexual feita sem proteção até o aparecimento dos primeiros sintomas. O diagnóstico leva em consideração o histórico clínico do paciente e exames laboratoriais específicos, e, normalmente, recolhe-se o material diretamente da uretra para análise. O exame é rápido, de baixo custo e indolor, mas de extrema importância para definir qual o agente etiológico da doença e tornar o tratamento mais eficaz.

No que diz respeito ao tratamento, este pode ser local ou via oral, e antibióticos são prescritos para tal. Contudo, diversas complicações podem vir a surgir quando o tratamento não é ministrado da forma correta, podendo desencadear uma infecção do útero, tubas uterinas e cavidade abdominal, além de inflamação do epidídimo no homem (o que causa infertilidade). A bactéria ainda pode se disseminar pela corrente sanguínea, agredindo as grandes articulações ou causando feridas na pele.


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/farreras/www/farreras/wp-includes/functions.php on line 3735

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/farreras/www/farreras/wp-includes/functions.php on line 3735